Com a popularização da Internet no Brasil, as Redes Sociais estão cada vez mais em evidência na vida das pessoas, seja no ambiente pessoal ou profissional. Fazer parte do Facebook, Twitter, Linkedin (entre outras redes) se tornou obrigação para aqueles que desejam se manter atualizados no mundo virtual, estar mais perto dos amigos ou de seus interesses.

No Brasil, o Facebook já tem 54 milhões de usuários (outubro/2012), e este número só tende a crescer. Desse modo, as empresas e profissionais estão investindo a cada dia mais esforços na divulgação de suas atividades, de forma a atingir toda essa gama de potenciais clientes.

Nossos serviços visam auxiliar empresas a promoverem os seus produtos e serviços de forma eficaz e assertiva nas Redes Sociais mais populares do Brasil, criando vínculos fortes com seus clientes, e formando uma multidão de seguidores. Divulgar, atrair, manter, cativar e propagar: são estes alguns dos benefícios que iremos lhe proporcionar.

[box type=”download”] Faça o seu orçamento através de nosso formulário de contato ou pelo telefone: (41) 3078 7268. [/box]

Conheça um pouco mais sobre o Facebook

O Facebook foi lançado em fevereiro de 2004 por Mark Zuckerberg – estudante de Psicologia da Universidade de Harvard – e em 2014 comemora dez anos de idade. Foi criado, a princípio, com o objetivo dos estudantes se conhecerem e também entrarem em contato uns com os outros através da Internet.

No começo, era chamado de “thefacebook.com”, que seria uma derivação das publicações das fotos dos estudantes (“livro de rostos”). O acesso só era permitido para estudantes de Harvard, e depois também foi aberto para outras instituições, como a Universidade de Columbia, Stanford e Yale, por exemplo.

Após alguns meses, Mark e seus dois amigos que lhe ajudaram com o projeto (Chris Hughes e Dustin Moskowitz) largaram Harvard e rumaram a caminho de Palo Alto, na Califórnia, acreditando que o Facebook poderia se tornar uma ferramenta de sucesso. Mas como? Alguns acontecimentos em nossas vidas são uma questão de sorte, e foi exatamente o que aconteceu com eles. Em junho de 2004, encontraram “sem querer” Sean Parker – um dos criadores do Napster (sistema de compartilhamento de arquivos), e após isso recebeu seu primeiro aporte de capital (500 mil dólares), proveniente de Peter Thiel (co-fundador do Paypal, um dos maiores sistemas de pagamentos digitais do mundo).

Em 2005, decidiram cortar o “the” do nome do domínio. Para tanto, compraram o domínio “facebook.com” pela bagatela de 200 mil dólares. Ainda em 2005, duas empresas de capital aberto realizaram novos investimentos na empresa, que totalizaram quase 40 milhões de dólares. Com tanto dinheiro ficaria bem mais fácil de se expandir mundialmente, certo? E foi exatamente isso que aconteceu.

Apesar de uma intensa concorrência com outras redes sociais, como o MySpace, o Facebook conseguiu se sobrepor às adversidades, e hoje conta com escritórios em alguns pontos da América do Norte e Europa.

Atualmente, o Brasil é o segundo lugar mundial em número de usuários, contando com cerca de 64 milhões de usuários, perdendo apenas para os Estados Unidos, que detém quase 170 milhões de usuários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *